Início » NOTÍCIAS » Guterres condena ataque a helicóptero da ONU

Guterres condena ataque a helicóptero da ONU

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) condenou, este Domingo, o ataque a um helicóptero na República Democrática do Congo (RDC), em que um soldado sul-africano das forças de paz foi morto e outro gravemente ferido, escreve a imprensa internacional.

Num comunicado, citado Pelo Notícias ao Minuto, António Guterres lembrou “que ataques contra forças de paz das Nações Unidas podem constituir um crime de guerra sob o direito internacional”.

O português pediu às autoridades congolesas “que investiguem este acto hediondo e levem rapidamente os responsáveis à Justiça”.

“As Nações Unidas continuarão a apoiar o governo congolês e o povo nos seus esforços para trazer paz e estabilidade ao leste do país”, garantiu o secretário-geral.

O helicóptero foi atacado no Domingo, durante um voo para Goma, capital da província de Quivu do Norte, onde finalmente conseguiu aterrar.
Segundo o Observador, o ataque aconteceu um dia depois de uma reunião no Burundi entre vários chefes de Estado da África Oriental, incluindo os presidentes da RDC e do Ruanda, países cujas relações estiveram tensas nos últimos meses.

O porta-voz da Missão das Nações Unidas na RDC, Amadou Ba, afirmou que a origem dos disparos ainda é desconhecida, bem como a sua localização precisa.

Fonte: O pais

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *