Início » NOTÍCIAS » PM admite necessidade de apoio adicional a Cabo Delgado

PM admite necessidade de apoio adicional a Cabo Delgado

Adriano Maleiane admite necessidade de apoio adicional a Cabo Delgado face à fuga de dezenas de pessoas devido aos novos ataques registados na província, situação que está a criar “problemas de alimentação”.

“Os recursos nunca chegam (…) [a província] está a necessitar de apoios adicionais e tudo tem sido feito, usando também os nossos parceiros”, disse aos jornalistas Adriano Maleiane, à porta do parlamento moçambicano, após uma sessão plenária.

O primeiro-ministro moçambicano disse que não é fácil combater o terrorismo, apelando à colaboração de todos na denúncia das ações dos grupos insurgentes, que protagonizam ataques armados em Cabo Delgado desde 2017.O governante afirmou que todos os sistemas de apoio do país estão em alerta e a redobrar esforços para ajudar os deslocados, apelando também para a solidariedade dos moçambicanos face à situação humanitária de Cabo Delgado.”[A situação] é lamentável, porque depois tem aquela população toda a ter de se movimentar de um lado para o outro e isso está a criar problemas de alimentação. Temos de encontrar solução para as pessoas e é isso que o Governo está a fazer”, garantiu Adriano Maleiane.A nova vaga de violência armada em Cabo Delgado dominou esta quinta-feira (22.02) os discursos de reinício das sessões plenárias do parlamento, com a oposição a exigir que o executivo encontre mecanismos de diálogo com os insurgentes.Nas últimas semanas têm sido relatados casos de ataques de grupos insurgentes em várias aldeias e estradas de Cabo Delgado, inclusive com abordagens a viaturas, rapto de motoristas e exigência de dinheiro para a população circular em algumas vias.

Fonte: dw.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *