Início » NOTÍCIAS » CONDUÇÃO SEM CAPACETE, SUPERLOTAÇÃO E O NÃO USO DE COLECTE REFLETOR SÃO AS PRINCIPAIS IRREGULARIDADES DOS MOTO-TAXISTAS, SEGUNDO A POLÍCIA DE TRANSITO NA BEIRA.

CONDUÇÃO SEM CAPACETE, SUPERLOTAÇÃO E O NÃO USO DE COLECTE REFLETOR SÃO AS PRINCIPAIS IRREGULARIDADES DOS MOTO-TAXISTAS, SEGUNDO A POLÍCIA DE TRANSITO NA BEIRA.

Redação-Rádio Pax Beira

As referidas irregularidades foram constatadas na manhã de segunda-feira, 14 de agosto, na Estrada Nacional número 6, durante a atividade de fiscalização dos moto-taxistas, pelo Departamento de Transito da PRM em Sofala, em resposta a sua preocupação com o elevado índice de acidentes envolvendo estes meios circulantes.

E porque existem condutores indocumentados de moto-taxis, que por vezes são os que mais se envolvem em acidentes pelo desconhecimento das regras de transito, a verificação da legalidade deste grupo pode reduzir os acidentes de viação, segundo avançou Estevão José Duarte, Chefe da Secção de educação pública da polícia de transito em Sofala

Ciente de que a prevenção dos acidentes de viação depende dos condutores, Estevão Duarte insiste na necessidade de haver mudança de consciência dos moto-taxistas.

Durante a atividade de fiscalização a equipe da Rádio Pax, ouviu Cristóvão Alexandre, um moto-taxista que já presenciou um acidente que culminou com a morte do seu colega por falta de capacete, por isso mostra-se satisfeito com a atividade levada a cabo pela polícia.

Ao nível da Cidade da Beira a atividade de moto-táxi tem estado a crescer e a maior parte dos condutores são jovens que tem esta atividade como seu principal ganha pão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *