Início » NOTÍCIAS » PRESIDENTE DA APF DE SOFALA OPTIMISTA EM RELAÇÃO A PRESTAÇÃO DOS MAMBAS NA QUALIFICAÇÃO PARA O MUNDIAL DE 2026

PRESIDENTE DA APF DE SOFALA OPTIMISTA EM RELAÇÃO A PRESTAÇÃO DOS MAMBAS NA QUALIFICAÇÃO PARA O MUNDIAL DE 2026

Bulande Domingos

O timoneiro da agremiação que gere o futebol em Sofala, Joaquim Mateus, que falava a reportagem da Rádio Pax-Emissora Católica da Beira esta quarta-feira, entende que Moçambique tem tudo para passar para fase seguinte, bastando para tal fazer um trabalho de casa identificando lacunas e procurar colmatá-las.

Recentemente o Presidente da Federação Moçambicana de Futebol, Feizal Sidat, confirmou que três jogadores adquiram a nacionalidade moçambicana e estão prontos para representar os Mambas no próximo embate diante do Benim, de qualificação ao CAN-2023.Trata-se de Arsénio Nunes, Ricardo Guima, e Jonathan Muiomo, que já tem a sua situação de naturalização concluída.

Para Joaquim Mateus, a aquisição da nacionalidade moçambicana destes atletas pode ser uma mais-valia para o coletivo comandado por Chiquinho Conde.

De referir que os “Mambas” partilham o grupo G com as seleções da Argélia, Uganda, Somália, Botswana e Guiné Conacri. A fase de qualificação arranca no mês de Novembro do ano em curso e vai terminar em Março de 2026 com a realização dos “play-off” que vão ditar os restantes apurados para a fase final do Campeonato do Mundo que pela primeira vez terá a participação de dez seleções africanas, sendo que a fase final do Mundial será disputada por 48 seleções, contra 32 das edições anteriores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *