Início » NOTÍCIAS » CONJUNTIVITE HEMORRÁGICA: 230 profissionais de saúde infectados no Hospital Central da Beira

CONJUNTIVITE HEMORRÁGICA: 230 profissionais de saúde infectados no Hospital Central da Beira

Rogério Maduca – Beira, Moçambique

Estes fazem parte de um total de 2800 pacientes que deram entrada no Hospital Central da Beira (HCB), a maior unidade sanitária da região centro de Moçambique, desde o dia 28 de Fevereiro, altura em que foi registado o primeiro caso.

De acordo com a directora clínica do HCB, Ana Tambo, o número de pacientes que buscam pelo tratamento neste hospital tende a crescer e com a contaminação de cerca de 230 profissionais de saúde, o número de efectivo para o atendimento reduziu, com especial enfoque no sector da oftalmologia, o que coloca em causa a prestação dos serviços.

Desde a entrada do primeiro caso da conjuntivite no Hospital Central da Beira, houve 3 internamentos devido a complicações resultantes de cuidados inadequados da doença. Com vista a reduzir casos do gênero, Ana Tambo, apela ao cumprimento das medidas recomendadas pelas autoridades de saúde.

Como forma de evitar o alastramento da doença nas comunidades, o Secretariado Arquidiocesano de Coordenação Pastoral na Beira já orientou as paróquias e os fiéis a implementar medidas de prevenção, dentre elas a lavagem das mãos antes de entrar na igreja e evitar o aperto das mãos durante as celebrações.

Refira-se que em Moçambique, sete (07) das onze (11) províncias já tem casos de conjuntivite hemorrágica e cerca de 17 mil pessoas foram infectadas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *