Início » NOTÍCIAS » SUCESSIVOS ADIAMENTOS DA CERIMÔNIA DE GRADUAÇÃO E DEMORA NA EMISSÃO DOS CERTIFICADOS, DEIXA INDIGNADOS ESTUDANTES DO INSTITUTO MÉDIO MISSÃO EDUCAR NA BEIRA

SUCESSIVOS ADIAMENTOS DA CERIMÔNIA DE GRADUAÇÃO E DEMORA NA EMISSÃO DOS CERTIFICADOS, DEIXA INDIGNADOS ESTUDANTES DO INSTITUTO MÉDIO MISSÃO EDUCAR NA BEIRA

É o grito de socorro dos estudantes que reivindicam a emissão de certificados de habilitações literaterias e sucessivos adiamentos do estágio e cerimônias de graduação, o que limita a busca por novas oportunidades após a conclusão do curso, naquela instituição do ensino técnico médio profissional.

Estudantes finalistas ouvidos pela Emissora Católica da Beira, na manhã desta terça-feira 16 de Maio, dizem que estão a mais de um ano, buscando consenso com a direcção da escola, e sem nenhum sucesso.

Reagindo a situação, o Director daquela instituição do ensino, Filipe Melo desmente as acusações dos formandos alegando que maior parte dos que revindicam o atraso da cerimónia de graduação, possuem várias irregulares relacionadas com as propinas e outros elementos.

Estudantes

Filipe Melo, director do Instituto Politécnico Missão Educar fez saber ainda que no universo de 65 formandos apenas 15 estão em situação legal para graduaçao.

Confrontando os factos, os formandos desmentem as alegações acrescentando que estão a mais de 3 anos uma vez que os cursos têm a duração de 3 anos no máximo.

O instituto politécnico Missão educar tem ministrado os cursos de agro-pecuária e construção civil, conta com estudantes provenientes das províncias de Manica, Tete e outras províncias.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *